quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Grandes Cantigas II



A minha interpretação desta cantiga sempre foi alvo privilegiado de saudável zombaria, porém, como poderão averiguar, trata-se de uma fiel reprodução da original e como tal a minha óbvia masculinidade escusa de ser posta em causa.

Splish splash!!

1 comentário:

caloiro sem tonus esfincteriano causado por processo de rolhagem disse...

o teu splish splash é mais erótico