segunda-feira, 30 de maio de 2005

Lua do Porto

Vou aqui pôr o poema completo e como escrito originalmente. Escrevi-o para a Vinicultuna, é da Vinicultuna. De reparar que (além da diferença no título, por uso) a letra da canção não inclui uma estrofe que aqui vai, a título de curiosidade. Esta estrofe foi excluída por não ter havido inspiração suficiente da minha parte para a escrever ao nível do resto do poema...
Aqui vai,cagalhão!:
Noite do Porto

Lua do Porto
Vem beijar a noite
Que não me deixa dormir

Noite do Porto
Faz fugir o dia
Que não me deixa sonhar

Enquanto o Sol se deita
Acendem-se as luzes nas ruas
Sombras chinesas nos passeios
Procuram barulho, fumo e copos
Enterrados nas curvas do Porto
Poetas de capa e batina
Cantam o sonho à Lua
Amante das sombras sem nome

Enquanto vagueiam na noite
As capas traçadas em sonhos
Inventam copos e conversas
Procuram eternizar a noite
Não querem deitar os sorrisos
As lágrimas e as paixões
Reclamam os seus amores
Disfarçados nos livros sem fim
Mula da Cooperativa

sexta-feira, 20 de maio de 2005

Vinicultuna & Co.: Queima das Fitas 2005

Já estáo disponíveis na secção de fotos as fotografias da queima das fitas.!
Comentem!

O nosso RP :)!

Fotografias..

Enviem-me fotografias pra criar aqui um album pra estar disponível pra ser visto sempre que se quiser.
Enviem-me também música... nossa ou alguma música nossa que ande para aí a ser cantada por outra tuna :) Já está disponível a nossa actuação no sarau de biomédicas.

------>

quinta-feira, 19 de maio de 2005

O Mula da Cooperativa anda por aí!!

VOLTEI!!
Embora não se possa dizer que alguma vez me fui... Tenho saudades de desafinar no Piolho, com as cordas vocais já retesadas pela cerveja, e amaciá-las com um Croft aquecido... A parte da cerveja nunca desapareceu da minha vida.
Só agradecia encarecidamente que deixassem, os badaleiros pertencentes a este grupo boémio, que deixassem de fazer pontaria para marcar os jantares quando eu não posso! E espero que as trompetas do regabofe toquem com maior antecedência. Assim posso combater melhor as escuras forças que me prendem à distância da boémia!

quarta-feira, 18 de maio de 2005

Poema

beija-me despe-me faz de mim o que queres
tou bêbeda tudo anda à roda tenho de ir
à casa de banho duas vezes para não lhe vomitar em cima
vai-se embora cedo a toda a pressa não há despedida
nota justificativa ou telefone de contacto só dúvidas
todos os homens são príncipes às cinco da manhã

todas as putas são tu quando acordas e não há ninguém.
Pablo García Casado.

terça-feira, 17 de maio de 2005

FOTOS da galinhada

Podem ver do lado direito algumas fotos, as censuradas foram retiradas obviamente.
Cerimónia de tuna com sacrifício animal.


Gilé com a galinha, ou vice-versa

Jantar

Quarta feira, jantar de tuna. Os instrumentos estarão todos disponíveis nos leões às 9 horas, pelo que os 20 minutos de atraso causados pelo aumento de massa e justificados por incapacidade motora em compensar a necessidade de maior trabalho não serão válidos.

às 18:30. até lá...

projectos I

para a próxima digressão sugiro um formato de missão: fazer uma foto reportagem sobre minisaias e outros adressos femininos excitantes!!!!!...além dos objectivos do costume juntaríamos este....fotos de pelo menos 100 pernas boas....o q a dividir por 2 dá 50 gadjas boas....é só comer, é só comer! tulicreme já se vê!!!!

Utilidade

Que isto tenha utilidade até se questiona, mas havemos de arranjar uma :)

Fica à discussão a utilidade disto.. é pra abacalhoar ou pra coisas sérias..
Sérias, tipo o quê? Também não sei, mas era a única coisa que fazia sentido...

segunda-feira, 16 de maio de 2005

Viva la Vini!

E o Araújo há-de ser nosso outra vez...