domingo, 31 de janeiro de 2010

MeisterTrunk, ou Três Litros e Um Quarto


Rothenburg ob der Tauber.
Em 1631, durante a Guerra dos Trinta Anos, quando as tropas imperiais se preparavam para arrasar a cidade, o General Tilly reuniu com as autoridades locais para impor as condições da rendição.
O taberneiro, querendo agradar, ofereceu um canjirão com o melhor vinho local, o Franken Wein. A caneca rodou por todos os convivas e Tilly bebeu mais de uma vez. Já inebrado, zombou dos vencidos, afirmando que não haveria um só homem na cidade capaz de a esvaziar de um só gole.
Georg Nusch, o Burgomestre, respondeu ao desafio... na condição de que se o conseguisse Rothenburg seria poupada.
O feito ainda hoje é recordado diariamente às horas que quiserem, pelas figuras da Torre do Relógio.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Revelação

A Viniciultuna de Biomédicas - Tinto vem por este meio informar os seus simpatizantes, que nem todas as músicas que toca, são da sua autoria. Cientes de que esta afirmação não se reveste de verosimilhança, vemo-nos obrigados a apresentar provas, de modo a não defraudar os mais crentes.


Festa da Cerveja - Mler Ife Dada
ou
Linda Cerveja - Vinicultuna


video




Dança Nua - Essa Entente
ou
Eram Já Três - Vinicultuna

ou ainda
Às Duas Por Três - Vinicultuna


quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Da Infância Feliz da Vinicultuna - ou desmentindo o 7 de Fevereiro de 2009

Quando a Vinicultuna era pequenina, a Mãe deixava-a ir para a rua, brincar com os outros meninos.


(e Viva o Revivalismo!)

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

A prova que faltava

A 20 de Fevereiro de 2009, a sobriedade da Vinicultuna de Biomédicas - Tinto foi posta em causa, devido ao facto de se poder ler por diversas vezes no seu blog a expressão "1 cagalhões" (relembre o post aqui) levantando-se na altura toda uma falsa questão sobre os números gramaticais singular e plural. A Vinicultuna de Biomédicas - Tinto vem então acalmar os revoltados e por um ponto final à questão, por meio de raciocínio matemático:



Depois de provado que 1 é igual a 2, facilmente se depreenderá que dizer um cagalhões é precisamente a mesma coisa que dizer dois cagalhões.



terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Sobre Emblemas

Emblemas é bom.

Autocolantes em série cortados a guilhotina é mais kitsch.

É mais kitsch é melhor.

Melhor ainda era o Estandarte de Tuna - muito emblema e nada kistch - aparecer.

E aquele Caderno de Tuna encadernado a papel canelado verde e cosido à mão com uns cordéis - aquele de Coimbra - também.

Podia ser que dentro dele ainda houvesse autocolantes.

Das tardes cheias

Lamento:
A Toga já não tem emblemas da Vinicultuna para vender.

Especulação:
Comprámo-los todos.

Alívio:
Uma nova encomenda de emblemas da Vinicultuna chega à Toga na próxima semana. Para vender.