terça-feira, 26 de maio de 2009

Insónia

Pode alguem ser quem não é?

Pode alguém viver numa cidade cinzenta, quando os verdes campos são uma casa?
Pode alguém cuidar do próximo quando a própria alma está decadente?
Pode alguém aproveitar o dia quando é a noite que o compraz?
Pode alguém dançar quando, no fundo, o que ouve sabe-lhe a fado?
Pode alguém beber o correcto quando só o tinto lhe acalma o espírito?
Pode alguém conter-se em silêncio quando guarda mil gritos congelados?
Pode alguém praticar a paixão fria quando o que sente é amor cego?

Pode alguém ser quem não é?

Pode...
Mas tudo perde o sentido.

1 comentário:

Rafael disse...

Pode alguém ser corajoso de se expor assim?

Pode alguém se resumir num parágrafo?

Ou pode esse alguém ser tão complexo como uma linha branca?

Pode esse alguém encontrar o seu equilíbrio nos excessos?

Esse alguém compartilha vários alguéns...

e eu sou um deles!